07 fevereiro 2014

[Resenha] O Chamado do Cuco - Robert Galbraith

Autor: Robert Galbraith
Editora: Rocco
Lançamento: 2013
Páginas: 448
Avaliação: Bom

Quando uma modelo problemática cai para a morte de uma varanda coberta de neve, presume-se que ela tenha cometido suicídio. No entanto, seu irmão tem suas dúvidas e decide chamar o detetive particular Cormoran Strike para investigar o caso.
Strike é um veterano de guerra, ferido física e psicologicamente, e sua vida está em desordem. O caso lhe garante uma sobrevida financeira, mas tem um custo pessoal: quanto mais ele mergulha no mundo complexo da jovem modelo, mais sombrias ficam as coisas e mais perto do perigo ele chega.
Um emocionante mistério mergulhado na atmosfera de Londres, das abafadas ruas de Mayfair e bares clandestinos do East End para a agitação do Soho. O chamado do Cuco é um livro maravilhoso. Apresentando Cormoran Strike, este é um romance policial clássico na tradição de P. D. James e Ruth Rendell, e marca o início de uma série única de mistérios.
Já faz alguns meses que esse livro causou um grande reboliço no meio literário. Depois de algum tempo sem chamar muita atenção do público, esse promissor romance policial existem outros mistérios além da sua história. Foi revelado que Robert Galbraith é na verdade a mundialmente conhecida autora J. K. Rowling. Obviamente, depois dessa revelação, o livro caiu nas graças da legião enorme de fãs da autora.

A trama acompanha o detetive particular Cormoran Strike, um ex-soldado do exército britânico que perdeu uma perna em combate. Ele é contratado para investigar a morte de Lula Landry, uma supermodelo que supostamente teria se suicidado. Têm início então uma intrigada investigação que liga Strike ao mundo dos multimilionários e celebridades, enquanto ele mesmo tem que lidar com sérios problemas pessoais.

A trama do livro é muito bem desenvolvida. O livro é cheio de personagens densos, com muitos conflitos. Tramas paralelas são muito bem narradas em conjunto  com a trama principal. Os problemas amorosos, falhas de caráter de Strike, Robin ( a cativante secretária temporária do detetive) e de outros personagens secundários são elementos que aproximam o leitor da história e dos personagens. Os protagonistas enfrentam problemas que muitas pessoas passam e isso faz com que o leitor simpatize com eles.
O mistério que move o livro em si é notório, engenhoso, perspicaz mas é pouco empolgante. Strike se prova um bom detetive, mas está bem longe dos grandes, como Sherlock Holmes e Hercule Poirot. Sua linha de investigação é bem batida, embora o fato de ele nunca revelar seus progressos em relação a resolução do crime a ninguém mantêm o suspense por todo o livro. Mas a revelação final não deixou de ser surpreendente, como todo bom romance policial deve ser. O livro se destaca mesmo em retratar a os conflitos dos personagens e a vidas das celebridades inglesas, cheias de glamour e frescuras.
A história é bem simples, não é difícil  de ler nem acompanhar a linha de investigação de Strike. Ela é dotada de um certo sentimentalismo melancólico. Já foi anunciado um continuação para o livro, que provavelmente se tornará uma série. Embora esse livro não tenha sido completamente satisfatório, vejo muito potencial e estou esperançoso com a continuação. Acho que a autora pode melhorar bastante nos próximos livros. 

Embora o Chamado do Cuco seja um bom livro, que vale a pena ser lido, acredito que a autora não mostrou tudo o que é capaz nesse gênero literário e que ainda não se provou completamente nele. Mas não dá para discutir, ela com certeza é uma das melhores e mais famosas escritoras da atualidade, e já mostrou ao mundo seu talento imenso anteriormente, o que só me faz acreditar que essa nova série também será magnífica.
Se você quiser dar uma passada no meu blog, o Peregrino Literário, é só acessar http://operegrinoliterario.wordpress.com/ . O blog ainda está pequeno, mas a parceria com o Uma Jovem Leitora está ajudando muito o meu blog a crescer. Até a semana que vem.

3 comentários:

  1. Estou com o livro há um tempinho mas ainda não li. Espero também gostar dele. Ótima resenha.

    Abraço!
    http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Uau! Que história!
    Ótimo texto de resenha. Meus parabéns! Amei a maneira que vc usou para se expressar, me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo como tema.
    www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir
  3. Caramba, esse livro não é tão bom... Ele não conseguiu me prender. Consegui terminar e fiquei, tipo, meu Deus, que sem noção.. Mas enfim... Ela já escreveu livros melhores ^^)

    www.eduardalins.com

    ResponderExcluir